domingo, 21 de julho de 2013

Morre o ator Armindo Bião. Sepultamento hoje em Salvador.

 
O professor e ator baiano Armindo Bião, de 63 anos, morreu por volta das 20h de sábado (20), no Hospital Aliança, em Salvador, vítima de leucemia. Ele estava internado na unidade há mais de 15 dias.
Armindo era professor titular da Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Ele foi responsável por implantar o Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da instituição. Segundo a assessoria de comunicação da unidade, ele já estava aposentado.
O sepultamento do professor está marcado para as 15h deste domingo, no Cemitério Jardim da Saudade, situado no bairro de Brotas
Carreira
Armindo Bião é professor associado a UFBA e na Europa à Université de Paris Ouest Nanterre La Défense e à Maison des Sciences de l Homme Paris Nord. Ele também atuou em cerca de 50 obras teatrais e audiovisuais.
Foi premiado pelo trabalho em teatro (1980, 2001, 2008, 2010) e por suas atividades acadêmicas (1998, 1999, 2007). Bião foi diretor da Fundação Cultural do Estado da Bahia entre os anos de 2003 e 2006 e o primeiro Presidente da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas (ABRACE).
O professor também publicou dezenas de artigos e capítulos de livros no exterior e no Brasil, entre eles 'Teatro de cordel e formação para a cena' e 'Etnocenologia e a cena baiana'.






Vera Mattos

Dirigente da Rede Risco Mulher Brasil.
Dirigente do Fórum Nacional de Mulheres contra o Femi
cidio.
Dirigente do Fórum Internacional de Mulheres contra o Femicidio.
Dirigente da Marcha Nacional de Mulheres contra o Estupro.
Dirigente da Seção Bahia - do Capítulo Brasil 

do Fórum de Mulheres do Mercosul
Membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública
Membro da Rede Nacional de Direitos Humanos.
Conselheira Nacional em Direitos Humanos
Visitem:

Nenhum comentário: