sábado, 6 de março de 2010

RETRATAÇÃO DE MATÉRIA - JORNALISTA MÁRIO FONTANA



 
Jornal Estado de Minas
EM CULTURA                       sábado 06 de março de 2010.
 
"Mulher
A executiva mineira Jeanete Mazziero, integrante do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, informa à coluna: nada menos de 56 instituições ligadas aos interesses femininos estão em plena atividade para organizar os eventos comemorativos do Dia Internacional da Mulher na segunda-feira. A data nunca passa em branco, pois elas sempre estão atentas e a tratam com o maior carinho. Inclusive, nas solenidades promovidas pela Secretaria Especial de Política para as Mulheres, no Rio de Janeiro, o presidente Lula poderá anunciar a criação do Ministério da Mulher. Medida das mais justas, diz Mazziero, pois as mulheres representam 52% da população brasileira".

Em 04/03/2010 às 17:58 horas, "Jeanete Mazzieiro" <jeanetemazzieiro@hotmail.com> escreveu:

Encaminhando e-mail, enviado ao Jornalista Mário Fontana...

From: jeanetemazzieiro@hotmail.com
To: mario.fontana@uai.com.br
CC: dep.emiliafernandes@camara.gov.br
Subject: PROGRAMAÇÃO DIA INTERNACIONAL DA MULHER EM MINAS GERAIS
Date: Thu, 4 Mar 2010 20:49:25 +0000

Prezado jornalista Mário Fontana,

Sou Jeanete Mazzieiro, sua assídua leitora. Sou conselheira titular do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM), em que represento minha entidade da sociedade civil, o Fórum de Mulheres do Mercosul, cuja presidenta é a deputada federal Emilia Fernandes (PT/RS), ex-senadora e ex-ministra do governo Lula. Como estive em Brasília nos últimos três dias, hoje (5/2/10), ao passar os olhos pelo Estado de Minas, deparei-me com uma nota em sua coluna que diz:


"DA MULHER 

Entidades defensoras dos direitos femininos (pelo menos as de Minas Gerais), em comparação com os anos anteriores, estão meio caladas a respeito de solenidades e movimentos para comemorar o Dia Internacional da Mulher, na segunda-feira. Pode ser que as homenageadas, em plena ascensão em todas as categorias sociais, econômicas, políticas, educacionais e empresariais, tenham relaxado um pouco quanto a novas reivindicações. Estariam querendo maneirar, pois começaram a mandar demais".  (Estado de Minas – Caderno Cultura 02/03/010)


Acredito que o senhor tenha se antecipado para formular esta nota, sem mais informações sobre a realidade das determinadas, comprometidas e guerreiras mulheres mineiras. A situação corre exatamente na contramão do que está dito em sua coluna, uma vez que 56 representantes de entidades, grupos de mulheres e lideranças comunitárias de destaque no Brasil e em Minas, apoiados por organismos governamentais das esferas federal, estadual e municipal (Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, Conselho Estadual da Mulher/MG e Coordenadoria Municipal dos Direitos da Mulher de BH – CONDIM), estão participando de uma importante programação para comemorar o Centenário do Dia Internacional da Mulher.

Em anexo, envio-lhe a programação preliminar do evento mencionado, que está sendo organizado em consenso de todos os integrantes da comissão organizadora. Na verdade, será um ato unificado de forças, sobretudo contra as barbáries que vem sendo cometidas contra as mulheres mineiras. Isso virou notícia nacional e é motivo de vergonha para nós, mineiras e mineiros. Um manifesto será entregue as autoridades e amplamente divulgado.

Acreditamos que o presidente Lula deverá anunciar, no próximo dia 8, durante o evento oficial da Secretaria Especial de Política para as Mulheres (SPM), que acontecerá no Rio de Janeiro, a criação do Ministério da Mulher. Nada mais coerente, já que, repito, somos maioria da população nacional e ainda estamos aquém.

As mulheres, caro jornalista, estão mandando menos do que deveriam. Repito, nós somos mais de 52% da população brasileira, mais escolarizadas e, em grande maioria, mais capacitadas, éticas e confiáveis. Portanto, precisamos ter o espaço que nos garante a Constituição brasileira, onde direitos e deveres são iguais. Estamos lutando, sim, pelos direitos de igualdade entre homens e mulheres. Pelo respeito, segurança e ocupação de espaços de poder e decisão. Tenho dito.


Agora que o senhor já está sabendo das atividades planejadas pelas lideranças mineira, acredito que seja importante lembrar em sua destacada coluna a mobilização das entidades representativas das mulheres em torno desta tão importante data no mundo.


Me despeço respeitosamente a agradeço a atenção dispensada.

Jeanete Mazzieiro


   
 



Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Nenhum comentário: